Sexo na Gravidez: Você precisa improvisar!

Sexo na Gravidez: Você precisa improvisar!
"Esse é um ponto crucial para que o casal concilie a maternidade e a sexualidade." —Foto: Reprodução/Instagram Khloé Kardashian

No terceiro trimestre da gestação, a musa se abriu sobre as dificuldades transar conforme o barrigão cresce. Segundo especialistas, isso é natural e, caso a mulher queira manter a vida sexual, também é contornável.

Não dá para negar que, na gravidez, o corpo da mulher passa por uma série de mudanças físicas, hormonais e até psicológicas. Durante os nove meses em que o bebê cresce e se desenvolve dentro da barriga da mãe, ela pode sentir enjoos, desejos inusitados, desconfortos abdominais e até um aumento expressivo na vontade de fazer sexo. Apesar de muita gente apresentar esse pico na libido, o sexo na gravidez ainda é um tabu e há quem prefira não falar sobre o assunto. Ainda assim, nos últimos dias, Khloé Kardashian – grávida do primeiro filho – se abriu sobre esse tópico de forma bem honesta.

Para Khloé Kardashian, o terceiro trimestre da gravidez está tornando a vida sexual um pouco conturbada, mas, de acordo com especialistas, o tamanho da barriga e o impacto que a gravidez tem no psicológico tornam isso comum.

O “desabafo” de Khloé Kardashian foi feito no app da musa, em que ela compartilha conteúdos exclusivos para os assinantes. De acordo com o “E!”, Khloé finalizou uma sessão de perguntas e respostas respondendo a uma fã que a questionou sobre como a gravidez tem interferido no desejo sexual dela. Segundo a musa, apesar de sempre ter ouvido muitas mulheres comentarem a respeito da maravilha que é o aumento do tesão durante a gravidez, ela não sentiu nada de diferente no início, e agora, na reta final da gestação, admite que a situação ficou um pouquinho complicada.

“No início, o sexo era a mesma coisa. Conforme entrei no terceiro trimestre e comecei a ficar cada vez maior, fazer sexo ficou mais difícil e um pouco mais desconfortável e restrito. Pessoalmente, fico insegura”, conta Khloé. De acordo com Renato de Oliveira , ginecologista responsável por reprodução humana, é natural que o tamanho da barriga atrapalhe tanto por criar um “obstáculo” para o casal quanto por limitar um pouco os movimentos da mulher e tornar a movimentação durante o sexo mais cansativa. O especialista afirma que, para muitos casais, a saída é focar em outras formas de ter prazer, como o sexo oral e a masturbação mútua.

Além de relatar que se sente um pouco “inútil” por não poder se movimentar da mesma forma que antes, Khloé também fala sobre a relação do homem com o corpo da mulher grávida. “Eu tenho certeza de que também é desconfortável para o homem fazer sexo com uma mulher grávida”, comenta. Segundo ela, o maridão Tristan Thompson está sendo incrível e “nunca faria com que eu me sentisse diferente de forma alguma” e, para o psicólogo Oswaldo Rodrigues Jr., do InPaSex, esse é um ponto crucial para que o casal concilie a maternidade e a sexualidade.

Segundo Rodrigues, esse é um momento em que o homem pode não entender tudo o que está acontecendo com a parceira ou até fique intimidado pelas mudanças no corpo dela. Ele ressalta a importância de o parceiro tomar atitudes que não façam a mulher se sentir rejeitada ou pressionada, e aconselha que ele se familiarize com o corpo dela. “Tocando o corpo da mulher ao longo da gravidez, o homem torna-se mais íntimo dessas mudanças e não sentira emoções negativas com o passar dos meses. A aproximação física e a demonstração de intimidade fará com que a mulher se sinta acolhida e tenha mais facilidade em perceber-se desejada”, afirma o especialista.

E aí, tem solução?
Se houver vontade de transar e o desconforto for puramente devido ao cansasço e ao tamanho do barrigão, há, sim, algumas formas de adaptar o sexo a essa mudança no corpo da mulher. Além de o casal poder focar em práticas que não são necessariamente afetadas por esse “obstáculo” – como afirma Oliveira –, há posições sexuais que podem ajudar os parceiros a ficar mais confortáveis. Se mesmo assim a coisa estiver difícil, nada de se culpar! A dica é fazer como Khloé Kardashian: “você só precisa improvisar e fazer o melhor que puder”.

Créditos: Delas – iG | 20/02/2018

+ Como conciliar maternidade e sexualidade? Psicólogos explicam.

1 comentário

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com (*) são requeridos.

Cancelar resposta

1 Comentário

  • Brinquedinho Masturbador
    29 de Maio de 2018, 07:44

    Olha, como tive uma gravidez de risco, minha médica em uma conversa informal, disse para eu presentear o meu marido com um masturbador, aqueles brinquedinhos sexuais… Comprei um chamado Fleshlight. Segundo ele é muito bom, eu o usava nele, pois sei que não era justo ele passar tanto tempo "sem". Enfim, até hoje de vez em quando, usamos o tal brinquedinho e ele adora….

    RESPONDER

Vídeos Recentes

VER + VÍDEOS