Práticas das Psicologias Comportamentais no Brasil

Práticas das Psicologias Comportamentais no Brasil
"A abordagem histórica sempre auxiliará a compreendermos algumas razões das mudanças de trajetórias das psicologias." —email: oswrod@inpasex.com.br

As atuações behavioristas vêm desde a primeira referência de John Watson sobre uma psicologia baseada no comportamento expresso, às compreensões da “concepção relacional do comportamento humano, a visão selecionista da causação do comportamento, a interpretação funcional, não representacional, da linguagem e dos processos linguísticos e a proposição de que os fenômenos psicológicos são relações do homem com o mundo, que podem ser abordadas com os conceitos de uma ciência do comportamento” (Tourinho, 2011).

No Brasil existem várias tendências e práticas as quais podemos ouvir em congressos e ler em periódicos científicos. Na primeira parte deste livro teremos histórias das abordagens comportamentais no Brasil, a partir de diversas perspectivas e grupos diferentes. A abordagem histórica sempre auxiliará a compreendermos algumas razões das mudanças de trajetórias das psicologias. Ler o que diferentes grupos percebem desta história aumentará a compreensão, pois a valorização de algumas trajetórias sempre será diferente a partir de óticas também diferentes. As práticas serão outra discussão com apresentações de interesse ao aluno de psicologia, e aos profissionais psicólogos que ainda buscam identificações de suas práticas e atuações na psicologia. Há alguns anos temos notado a variação e (aparente) conflito entre as tendências behavioristas, muitas vezes gerando frases relatadas por pacientes que ouviram de algum colega de que a abordagem dele é melhor que a do outro por ser mais abrangente e mais eficaz (mesmo que aquela referência não tivesse qualquer base científica que a justificasse…). Preocupados sobre como estas vertentes existem e precisam ser mostradas para melhorar a compreensão dos próprios profissionais de psicologia, assim como os pesquisadores da área, propusemos, desde o InPaSex – Instituto Paulista de Sexualidade, junto à ALAMOC – Asociación Latinoamericana de Análisis del Comportamiento y Terapia Cognitivo-Comportamental, sob a Presidência de Edgard Pacheco Lusa, este projeto de compilação de autores brasileiros sobre suas práticas nas psicologias behavioristas. As diferenças de atuações tem sido importantes para adaptações e melhorias de atenção aos que procuram os profissionais de psicologia para superar suas dificuldades e incômodos. Pretendemos com este projeto produzir uma panóplia, ao menos parcial, destas possibilidades das psicologias comportamentais no Brasil.

Gerais
Paperback: 178 pages
Publisher: CreateSpace Independent Publishing Platform; 1 edition (May 27, 2016)
Language: Portuguese
ISBN-10: 153350069X
ISBN-13: 978-1533500694
Product Dimensions: 6 x 0.4 x 9 inches

Sobre o Autor
Psicólogo, psicoterapeuta de casais e em sexualidade desde 1984, atua em abordagem comportamental e tem auxiliado a congregar especialistas em sexualidade no Brasil e na América Latina.

COMPRAR

Vídeos Recentes

VER + VÍDEOS